Auxílio emergencial: governo decreta prorrogação - veja novos valores

Curiosidades

Se você tem o costume de consumir Salsicha, pare imediatamente, especialista explicam o porquê

Advertisement

É bem verdade que desde nossa infância encontrar alguém que ame salsicha é algo bem comum, pois ela é um dos ingredientes necessários para a preparação dos famosos cachorros-quentes, alimento bem típico das barracas de rua da vida.

Todavia, é nosso dever salientar que há inúmeros alimentos que trazem diversos benefícios para nossa saúde, mas da mesma maneira, há alimentos que trazem sérios riscos e danos a nossa saúde.

Advertisement

Por conta disso, especialistas e pesquisadores afirmam que quem come salsicha com muita frequência, tem maior probabilidade de desenvolver doenças bem sérias, como câncer.

Isso tudo por conta que na preparação da Salsicha, há adição de uma quantidade gigantesca de Sódio, sem contar a quantidade de produtos químicos que são usados para garantir a conservação dela.

Advertisement

Analogamente a linguiça, as salsichas possuem uma mistura de carnes em sua composição, sendo elas bovina e suína, além de frango, para que a mistura seja feita, eles usam as sobras desses animais.

Após misturados, são triturados e colocados em sachê, a fim de dar a forma na qual conhecemos. Por isso, fique atento cada vez mais! não precisa parar de comer salsicha, mas se possível, diminua, desta forma, irá evitar doenças futuras.

Advertisement

Advertisement
Related posts
CuriosidadesMundo

Mãe e filho lutam pelo direito de se casar 'primeiro foi o beijo e depois outras coisas'

Curiosidades

Fique atento a estes sintomas de doenças nos rins

Curiosidades

Entenda o porquê é errado lavar o arroz antes de cozinhar - NÃO FAÇA MAIS ISSO

CuriosidadesMundo

Mulher de 100 anos lê a bíblia pela 61ª vez e afirma: "Deus me mostra algo novo todas as vezes"

Receba notícias em seu email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Worth reading...
Bolsonaro sobre auxílio emergencial: “Não dá para manter os R$ 600” – Confira o vídeo