Após presenciar o massacre de sua família, garoto de 13 anos caminha 6h a pé em busca de ajuda

Devin Blake Langford, de apenas 13 anos, andou por mais de seis hora em uma estrada em busca de ajuda logo após presenciar o massacre de sua família, sendo eles: sua mãe, Dawna Langford, dois irmãos e outros integrantes de sua família.

Em resumo, o massacre terminou com o óbito de nove membro da mesma família, o fato ocorreu no México. Logo após o crime, Devin consegiu esconder seis irmãos, na qual sobreviveram ao massacre.

“Depois de testemunhar a morte de sua mãe e seus irmãos, o filho de Dawna, Devin, escondeu seus outros seis irmãos nos arbustos e os cobriu com galhos para mantê-los seguros enquanto procurava ajuda”, comenta Kendra Lee, integrante da família.

De acordo com a mesma, o garoto voltou para o local às 17h30, ou seja, seis horas após o crime. Tal demora fez com que sua irmão McKenzie, de apenas 9 anos, saísse do local em busca de ajuda, mas a mesma foi encontrada 21h30 por autoridades.

O grupo da comunidade Mórmon vivia no México, mas sua atual nacionalidade era americana. Além dos citados acima, também foram mortos: Dois irmãos do garoto, de 11 e 3 anos, Christina Marie, Rhonita Maria e seus quatro filhos.

E para completar, os bebês gêmeos da última vítima tinham apenas oito meses de “idade”.