Estudante de direito morre ao cair de ‘Trem da Alegria’ em BH


Na última quinta-feira (28) a estudante de direito, Larissa Cristine Silva Maciel, de 23 anos, que havia terminado de concluir seu curso, morreu após cair de um ‘trenzinho da alegria’ enquanto comemorava tal fato.

Ela foi levada rapidamente para o Hospital João XXII em estado grave. O acidente ocorreu no ponto de tangência entre as avenidas Cristóvão Colombo e Getúlio Vargas.

Advertisement

A Polícia Militar informou ao site de notícias Rede TV, que a estudante havia discutido com um colega e caiu após se desequilibrar, pois tentou descer do veículo.

Um colega tentou impedir que Larissa pulasse do trem, mas ela o agrediu. Segundo testemunhas, ela estava dando sinais de estar alcoolizada.

O motorista ficou bastante abalado, e em entrevista à PM, ele relatou ter escutado gritos pedindo para parar porque tinha alguém preso nas rodas. Ele realizou o teste de bafômetro, que não deu positivo e foi liberado.

O Centro Universitário Newton Paiva (instituição na qual a jovem estudava) relatou uma nota oficial lamentando o ocorrido: “O Centro Universitário Newton Paiva ‘lamenta profundamente o acidente que resultou no falecimento da aluna, e presta solidariedade à família e amigos, neste momento de consternação”.

Segundo a instituição, o ‘evento’ não teve nada a ver com a escola, sendo realizada por meios externos.


Advertisement