Ministro da Educação ridicularizado por erros ortográficos


O ministro da educação sem dúvidas alguma, é um dos principais responsáveis pela educação de dezenas de milhões de crianças e jovens em todo o território Nacional, entretanto, o atual Ministro, está sendo bastante ridicularizado pelo seu mais recente erro ortográfico, que se junta a outros erros que o mesmo cometeu no passado. Com a sua “reputação” manchada, pais e diversos acadêmicos estão pedindo sua demissão, afirma o jornal The Guardian.

O mais recente erro do ministro da educação, ocorreu nesta última quarta-feira, após o mesmo enviar uma mensagem via Twitter, para Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Bolsonaro. Na mensagem, ele afirmava, de maneira errada, que não havia um estudo acadêmico obre problema de segurança pública no Brasil, e acabou por escrever a palavra “Imprecionante”, entretanto, o correto seria impressionante.

Advertisement

Rapidamente o ministro apagou o Tweet, mas não escapou das várias críticas.

Este não foi o primeiro erro ortográfico de Weintraub que se tornou público e motivo de piada. No ano passado, o ministro escreveu “suspenção” (ao invés de suspensão) em um documento oficial. Noutra situação confundiu o autor Franz Kafka com kafta, um prato de origem árabe.


Advertisement