Record demite funcionário que chamou Sabrina de ‘macaco’ em A Fazenda

Como postamos hoje, ocorreu um caso de racismo no reality show A Fazenda, e nesta quarta-feira (6), a Record afirma que identificou e demitiu o funcionário no qual praticou o ato racista para-com a modelo e ex-Miss São Paulo Sabrina Paiva. A emissora confirmou todas os fatos, que durante o programa, ao vivo, um operador que estava manobrando a câmera, posicionada atrás de um dos espelhos que há na sala, fez um comentário racista contra Sabrina.

“Eu acho que aquilo foi para mim, de verdade. Eu era a única que estava tomando água. Estava todo mundo sentado, aí eu ouvi alguém dizer: ‘Senta aí, macaco’ e um palavrão”, disse Sabrina.

Outros participantes confirmaram o fato, e a rede de televisão soltou uma nota hoje:

“Como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar”, disse a Record, em nota, enviada à imprensa.